Carreira: Uma questão de escolha.

Realmente a vida profissional pode ser uma questão de escolha!

Eu acho que as pessoas podem fazer as coisas de duas maneiras: Agregando valor ou não.

Você não precisa estar em um cargo alto na empresa para você fazer a diferença. Pode ser em atividades quase rotineiras.

Trabalhei com uma pessoa muito diferenciada e um dia pedi para ela fazer um estudo para que eu pudesse tomar uma determinada decisão. Ela veio na minha sala, escutou o formato que eu gostaria o estudo e me perguntou: Qual decisão você irá tomar com base neste estudo? Eu escutei e expliquei meu objetivo.

Depois de algumas horas ela me enviou o estudo e veio na minha sala explicar. Para minha surpresa o estudo estava totalmente diferente daquele que eu pedi. Neste momento ela me explicou que este novo formato de estudo me permitiria tomar uma decisão de forma mais rápida e precisa. Concordei, claro.

Viu a diferença entre agregar valor ou não?

A pessoa poderia ter me passado o estudo da maneira que pedi, mas não, ela escolheu agregar valor. Depois de vários fatos como este e demonstrando ter várias competências o profissional foi promovido a líder.

Você pode escolher trabalhar como uma paisagem e esperando apenas o quinto dia útil do mês. Se você escolher ter uma postura mediana na sua empresa não espere uma jornada de carreira surpreendente.

Escolha fazer a diferença na sua empresa. Agregue valor sempre que puder se quiser ter a carreira que deseja. Não espere entrar na empresa e ser promovido de forma contínua e rápida sem ter nada para mostrar. Ter feito uma boa universidade é uma parte importante, mas não suficiente.

O mercado é muito mais criterioso na avaliação das pessoas do que uma universidade. Somente tirar vários 10 na universidade não te garantirá a promoção, mas tê-los tirado fará com que você tenha uma base de conhecimentos importante para a realização das suas atividades profissionais.

As suas características comportamentais também estão com nota dez? Elas farão a diferença na sua carreira e você precisa desenvolvê-las. Pense nisto!

Armando Lourenzo. Doutor e Mestre em Administração pela FEA USP. Diretor da Ernst & Young University. Presidente do Instituto Ernst & Young. Professor da FIA e Casa do Saber. Colunista da revista Você SA (versão digital). Mentor da revista Exame.  Palestrante. Autor de artigos e livros na área de negócios. Pesquisador no tema de Empresas Familiares.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *