Qual o sentido da vida?

Muitas pessoas acreditam que ter roupa cara, de marca, com um tecido maravilhoso e com design fashion pode oferecer conforto.

Muitas pessoas podem achar que ter um carro de luxo pode oferecer conforto.

Talvez um conforto físico e momentâneo sim.

Mas no limite das necessidades das pessoas eles não conseguem te confortar.

Imagine a perda de uma pessoa muito querida e que você ame incondicionalmente. Será que neste momento o carro e a roupa te deixarão confortável?  Quando você vai deitar e é somente você com você mesmo. Uma coisa que pode te trazer conforto é entender o sentido da vida.

Quando você conhece o seu sentido de vida vai entender que todos os teus problemas um dia passarão e você vai enfrentá-los em uma dimensão mais confortável. Você pode passar por momentos difíceis, mas com certeza sua postura será outra.

Quando você conhece o seu sentido de vida vai entender que todos os teus momentos maravilhosos também acabam uma hora e você aproveitará com muito mais intensidade cada minuto deste momento.

A pergunta que fica é qual é o sentido da vida?

Quando você aprender a ajudar naturalmente as pessoas sem nenhuma segunda intenção ou mesmo pretender nada em troca, e conseguir tocá-las, talvez você já esteja começando a entender o sentido da vida.

Tocar as pessoas naturalmente, pense sempre nisto.

Você deve trabalhar na sua empresa com muita qualidade profissional, mas além disso também pode utilizar seu trabalho como um instrumento para ajudar pessoas ou escutá-las com muita atenção. Um exemplo pode fazer a diferença.

 Algumas pessoas serão tocadas e você não irá nem perceber, talvez nem precise.

Não precisa ser rico ou bem-sucedido profissionalmente para entender o sentido da vida.

Pense em pessoas que conseguiram te tocar. Talvez não sejam raros estes momentos, mas você não tenha percebido.

Se você tivesse a capacidade de saber quando vai morrer e soubesse que seria amanhã às 17h quem você escolheria para segurar as suas mãos nos minutos finais?

Inspire-se nesta pessoa e invista no relacionamento com ela. Ela soube te tocar e talvez já saiba o sentido da vida.

 

Armando Lourenzo. Doutor e Mestre em Administração pela FEA USP. Diretor da Ernst & Young University. Presidente do Instituto Ernst & Young. Professor da FIA e Casa do Saber. Colunista da revista Você SA (versão digital). Mentor da revista Exame.  Palestrante. Autor de artigos e livros na área de negócios. Pesquisador no tema de Empresas Familiares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *