Estamos próximos do fim do emprego?

Se eu for demitido amanhã o que faria? Esta pergunta temos que fazer todos os dias, pois ninguém mais tem garantia de emprego.

Claro que, se a empresa em que  trabalha for a escolhida para fazer carreira, você tem que focar e agregar muito valor nas suas iniciativas dentro das organizações, mas como disse, ninguém tem garantia de emprego. As demissões podem ter causas variadas e possuir competência para a função que você desenvolve pode não ser suficiente para se manter definitivamente na empresa.

Estamos vendo que cada vez mais teremos menos empregos no formato que conhecemos, mas no lugar teremos trabalho. Será um novo formato de relacionamento que as pessoas terão com as empresas. Um formato que te colocará em uma posição de fornecedor de serviços para uma ou mais empresas e não mais como um empregado.

Com a revolução digital, economia compartilhada, desejo de flexibilidade e qualidade de vida por parte das pessoas e as novas formas de contratação, todo o cenário empresarial vai mudar. O emprego mais duradouro diminuirá e com isto este formato de remuneração mensal que possibilita o financiamento de vários bens por um longo período provavelmente não terá o mesmo retrato de hoje. A incerteza será maior financeiramente dizendo e com isto a estrutura de gastos das famílias será diferente da de hoje.

Evidentemente que o emprego não desaparecerá totalmente, mas não será em número suficiente para todas as pessoas. A transformação digital pelas quais as empresas estão passando e automação de processos já estão fazendo com que parte dos cargos atuais desapareça e que outras profissões apareçam.

Neste quadro futuro uma das alternativas é achar um talento dentro de você e tornar-se um “Você SA”. Já pensou em vender seu talento para mais de uma empresa no futuro? Elas serão os seus clientes e seu formato de relacionamento com elas mudará drasticamente, pois não será um emprego e sim trabalho.

Uma reflexão importante é que não adianta ter somente competências técnicas, mas também capacidades de relacionamento, de vendas dos seus próprios serviços e de softskills de forma geral.

As perguntas que chamam atenção são: Todas as pessoas que optarem por serem um “Você SA” terão habilidades para prospectar clientes, divulgar serviços, relacionar-se com clientes e fechar negócios com as novas empresas que prestarão seus serviços? Você está preparado? Pense!!

Ter conhecimento técnico é muito importante, mas pode não ser suficiente para todo o tipo de relacionamento empresarial. Estas competências serão chave para as pessoas poderem vender e entregar seus serviços e produtos nesta nova modalidade de relacionamento empresarial: trabalho. Estas mudanças farão com que as pessoas tenham que se transformar intensamente. Você já está preocupado em desenvolver estas competências de softskills? Note que a velocidade da mudança poderá ser tão rápida que somente pensar do desenvolvimento de competências não será suficiente.

Não será apenas a mudança da economia digital ou o avanço da economia compartilhada que transformarão o ambiente empresarial, mas sim a mudança dos modelos de negócios por parte das empresas que trará este impacto no cenário futuro e como resultado esta nova modalidade de relacionamento entre as pessoas e as empresas.

Com estas mudanças na economia e nos negócios temos várias perguntas que ainda não têm respostas, mas que com certeza impactarão no cotidiano das pessoas, como por exemplo: Compraremos nossos carros e casas assumindo financiamentos de longo prazo? Teremos nossos próprios carros? As empresas precisarão de pessoas em tempo integral?

Não temos certeza de como será o futuro, mas temos de nos preparar para qualquer futuro que ocorra. Pense nisto.

 

Armando Lourenzo. Doutor e Mestre em Administração pela FEA/USP. Presidente do Instituto da EY e Diretor da Ernst Young University. Escritor. Palestrante em eventos nacionais e internacionais. Professor na FIA, USP (PECEGE) e Casa do Saber.  Mentor da revista Exame. Autor de livros e artigos na área de negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *